Publicado em 02.12.2019 às 12:37

Água, um bem natural a ser preservado

Despertar nos alunos a consciência sobre o uso responsável da água, auxiliando na preservação dos recursos naturais do meio ambiente, é o principal objetivo do projeto ‘Captação da água da chuva na Escola FJK’’, desenvolvido em 2019 pelo 5º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Felipe Jacob Klein, localizada em Vale Real/RS. “O uso racional deste recurso traz uma economia financeira, bem como uma garantia de água potável para as futuras gerações. Esse é o tempo de mudança de hábitos para salvar o planeta, e o mundo precisa de pessoas que se preocupem com o próximo e façam a diferença”, afirma a professora Ana Paula Steinmetz, uma das orientadoras do projeto. Tudo começou durante debates em sala de aula sobre a importância da preservação da água. Naquele momento, os alunos perceberam que estavam utilizando água potável para irrigar a horta da escola, em que, desde 2018, desenvolvem outro projeto, sobre plantas alimentícias não convencionais, sendo que, para este fim, poderiam utilizar água reaproveitada. A partir desse questionamento e interessada em preservar esse bem tão precioso de forma prática e efetiva, a turma deu início aos estudos sobre captação da água da chuva, uma técnica secular. Nesse sentido, foi utilizada metodologia de pesquisa variada, abrangendo diversos estudos de forma inter disciplinar que contemplassem os interesses e as curiosidades dos estudantes, envolvendo o cuidado com o meio ambiente aliado à sustentabilidade. A base foi a disciplina de Ciências, que busca contribuir para a aproximação do aluno com a natureza e as questões do cotidiano.

ETAPAS

Para que o projeto saísse do papel, primeiramente, a turma verificou se havia um local adequado para instalação de uma cisterna, chegando à conclusão de que seria nos fundos da escola. Após, constatou que seria necessária instalação de um hidrômetro, para verificar o consumo de água no estabelecimento de ensino. Na sequência, foi feita uma pesquisa via internet no laboratório de informática para verificação de como funciona um sistema de captação da água da chuva, elencando os materiais necessários para a instalação do mesmo. Constatou-se que seria possível utilizar as calhas da escola, mas que seriam necessários ainda canos e uma bomba, para bombear a água captada até um reservatório menor próximo da horta. Esses materiais foram doados pela prefeitura. Com a ajuda de alguns pais de alunos, o sistema de captação foi instalado e, a partir de então, a água da chuva captada está sendo utilizada para irrigar a horta e os canteiros escolares, bem com para a limpeza geral. Entre as várias atividades pedagógicas desenvolvidas durante o ano letivo envolvendo o tema, a garotada participou do desafio ‘Poupe Água’, em que foram fotografadas atividades realizadas em casa para poupar água. Ao longo desse desafio, foi possível perceber que vários alunos e familiares criaram o hábito de, ao escovar os dentes, fechar a torneira; trocaram a mangueira pelo balde; procuram reutilizar a água da máquina de lavar; diminuíram o tempo no banho e também ao lavar a louça, primeiro ensaboando toda ela para, depois, abrir a torneira.

DIVULGAÇÃO